Cinema| A Escolha Perfeita 3

Novo clipe de A Escolha Perfeita 3 mostra as Bellas conhecendo suas concorrentes. Confira:

Na trama, depois de ganharem o campeonato e se formarem na universidade, as Bellas se veem no mundo real, onde não há muitas perspectivas de trabalho para quem faz música com a boca. Elas estão separadas, mas se unem mais uma vez quando surge a oportunidade de uma turnê mundial.

Elizabeth Banks está no elenco e a estreia no Brasil está marcada para 8 de março de 2018.

Anúncios

Musical| Hebe, O Musical! Está em cartaz em São Paulo 

Quinta a domingo no Teatro Procópio Ferreira

 

Rainha da televisão brasileira, estrela multifacetada é homenageada em grandioso espetáculo de teatro, música e dança

 

Da infância humilde em Taubaté, no interior de São Paulo, ao posto de rainha da televisão brasileira, Hebe Camargo ganha um musical, baseado na biografa escrita por Artur Xexéo e com direção de Miguel Falabella, que conta sua escalada profissional e os amores que passaram por sua vida. Embalado pelas canções que marcaram sua carreira de cantora, o espetáculo atravessa oito décadas nas quais, muitas vezes, os caminhos de Hebe e da TV no Brasil se confundem.

 

 

Com 21 atores em cena, orquestra composta por 09 músicos e mais de 30 técnicos envolvidos, a própria Hebe recebe o público que vai ao Teatro Procópio Ferreira e o convida a conhecer a sua história. A proposta é que o público acompanhe a grade de uma programação de TV típica dos anos 60. Nela, a garota-propaganda (Giovana Zotti) se atrapalha com os comerciais ao vivo e Leonor (Brenda Nadler), uma fã de Hebe Camargo, responde sobre a vida de seu ídolo ao peculiar apresentador de um programa de perguntas e respostas, Belo Garrido (Daniel Caldini). É através do conhecimento desta fã que a plateia acompanha o caminho da artista, que será interpretada por Carol Costa, na juventude, e Débora Reis, na vida adulta.

 

A relação de Hebe com os pais Fêgo Camargo (Carlos Leça) e Ester Camargo (Clarty Galvão), sua participação em programas de calouros e sua experiência de cantar no rádio formando conjuntos vocais com as primas Maria (Keka Quarterone) e Helena (Mari Saraiva), assim como com a irmã Stela (Fefa Moreira) também farão parte do enredo. As muitas amigas de Hebe são representadas por duas figuras bastante conhecidas do público: a também cantora Lolita Rodrigues (Renata Ricci), que Hebe conheceu ainda adolescente e de quem foi próxima a vida inteira, e Nair Bello (Renata Brás), com quem desfrutava noites de carteado e francas conversas regadas a gargalhadas. Ao lado de Lolita, vemos Hebe como cantora de boate num hotel do centro de São Paulo e sua participação na inauguração da primeira estação brasileira de TV.

 

A peça mostra o namoro de Hebe com o boxeador americano Joe Louis (Renato Caetano) e sua relação complicada, escondida do grande público, com o empresário Luís Ramos (Frederico Reuter). Paralelamente, acompanhamos o sucesso que ela alcança como apresentadora da TV Paulista, emissora onde chega a comandar seis programas semanais simultaneamente.

 

Seguem-se seu primeiro casamento, com o comerciante Décio Capuano (Guilherme Magon), o nascimento de seu único filho, Marcello (Adriano Tunes), e sua contratação pela TV Record, onde apresenta por oito anos o mais popular programa de entrevistas dos anos 60: uma atração que leva seu nome e que, por um bom tempo, foi campeã de audiência nas noites de domingo.

 

O musical registra também a separação de Décio, a rápida passagem pela TV Tupi, o trauma que a fez parar de cantar, os encontros hilários com Amâncio Mazzaroppi (Adriano Tunes) e Ronald Golias (Fernando Marianno), a carinhosa amizade com o cantor Agnaldo Rayol (Rodrigo Garcia/Frederico Reuter) e a união com o importador Lélio Ravagnani (Dino Fernandez), com quem viveu por 27 anos. Vemos Hebe tornar-se porta-voz da luta contra a corrupção em Brasília no programa que apresentou no SBT durante 24 anos e onde transformou em tradição o “selinho” que dava em seus convidados preferidos.

 

Com coreografias de Fernanda Chamma, direção musical de Daniel Rocha e e preparação vocal Guilherme Terra, que também será o maestro, Hebe – O musical traça a trajetória pessoal e profissional da mais carismática das apresentadoras de TV no Brasil e, por isso mesmo, a mais popular.

 

A Produção é assinada por Luiz Oscar Niemeyer, Julio Cesar Figueiredo Junior, Claudio Pessuti e Luis Henrique Ramalho.

Hebe O Musical

Apresentação: Ministério da Cultura e Prosegur

Patrocínio Oficial: EMS, Zurich e Atlas Shindler

Apoio Cultural: Estácio

Coprodução: Bonus Track, Hebe Forever e Atual Consultoria.

Realização: Ministério da Cultura e Bonus Track Entretenimento.

 

  

HEBE O MUSICAL

Teatro Procópio Ferreira (624 lugares)

Rua Augusta, 2.823 – Jardins

Informações: 3083-4475

Vendas de grupos: (11) 3064-7500

Vendas: http://www.ingressorapido.com.br e tel.: 4003-1212.

Bilheteria: de quinta a domingo da 14h00 até o inicio do espetáculo.

Abertura da casa: 1 hora antes do início do espetáculo. Aceita cartões de todas as bandeiras. Não aceita cheque. Não faz reserva de ingresso. Acesso e lugares para deficientes físicos e pessoas com sobrepeso, ar condicionado.

Estacionamento Conveniado: Auto vagas, a 170m do Teatro, Rua Augusta 2673, Valor único R$ 20 (mediante a apresentação de ticket selado. Retire o selo na Bilheteria) Não abre aos Domingos.

 

Quinta e Sexta às 21h | Sábado às 17h e 21h | Domingo às 18h

 

Ingressos:

 

Quinta: R$ 50 (Ingressos Populares) | R$ 130 (setor I) | R$ 160 (setor Premium)

 

Sexta e domingo: R$ 50 (Ingressos Populares) | R$ 150 (setor I) |

R$ 170 (setor Premium)

 

Sábado: R$ 50 (Ingressos Populares) | R$ 170 (setor I) | R$ 190 (setor Premium)

 

Duração: 140 minutos (com intervalo de 20 min)

Recomendação: 12 anos

Gênero: musical

 

Estreou dia 12 de Outubro de 2017

Temporada 2017: até o dia 17 de Dezembro

 

Facebook HEBEOMUSICAL

Instagram #hebeomusical

Teatro | Vanessa Gerbelli e Alessandra Verney cantam os desejos e memórias dentro da prisão na peça Do Outro Lado

Com direção de Patrícia Pinho e participação especial e direção musical do pianista Miguel Briamonte, espetáculo cumpre temporada de estreia no Teatro Porto Seguro entre 27 de setembro e 26 de outubro
O musical Do Outro Lado se passa no pátio de uma prisão fictícia, onde duas mulheres e um pianista (Miguel Briamonte) fazem um espetáculo em homenagem a uma colega falecida há uma semana. Silmara (Vanessa Gerbelli) está pagando por um crime que diz não ter cometido e a cantora e musicista Diana (Alessandra Verney) é acusada pelo marido de tentativa de assassinato.
A peça, além de dramatizar as memórias, desejos e projeções das duas personagens, conta a amizade improvável que floresce entre elas em condições de escassez e solidão. A direção é de Patrícia Pinho e a direção musical é de Miguel Briamonte.
A estreia é dia 27 de setembro no Teatro Porto Seguro para temporada às quartas e quintas às 21h até dia 26 de outubro.
Essas duas mulheres pertenciam a realidades bastante diferentes antes de serem presas. Silmara foi encarcerada injustamente por assassinato, segundo a própria versão, há 10 anos. Divertida, fã de Raimundo Fagner e filha de uma professora de religião, foi separada precocemente de sua filha, que nasceu já na prisão. É um dos muitos talentos que nunca tiveram vez nos palcos.
Já Diana é uma talentosa ex-cantora da noite. Bem-nascida, depressiva e temperamental, casa-se com o “amor de sua vida” e passa a ter uma vida burguesa e pacata. Certo dia, encontra sinais de uma possível traição de seu marido e dispara contra ele ao flagrá-lo cometendo o adultério. O tiro pegou de raspão, ela foi presa por tentativa de homicídio e, desde então, aguarda seu julgamento.
A prisão é retratada metaforicamente pelo diretor de arte Gringo Cardia, que criou uma instalação em formato de um imenso coração e de um cadeado. A encenação procura evocar com sutileza a delicadeza e a paixão das almas femininas.
Com a ajuda especial do pianista Miguel Briamonte, Vanessa Gerbelli e Alessandra Verney interpretam em cena canções de Elvis Presley, Roberto Carlos, Raimundo Fagner, Olga Guillot, música gospel e outros sucessos do repertório nacional e internacional.
PATRÍCIA PINHO

Formada em artes cênicas pela Unirio (Universidade Federal do Rio de Janeiro), a atriz e diretora Patrícia Pinho fundou, em 2003, a Cia. Teatro do Nada, especializada na linguagem da improvisação. Em 2010, ganhou o prêmio APTR (Associação dos Produtores de Teatro do Rio), na categoria de “Melhor Atriz Coadjuvante”, pelo trabalho na peça “As Meninas”, de Maitê Proença e Luis Carlos Góes. Desde 2015, integra o elenco da nova versão do programa humorístico Zorra Total. Na TV, ainda participou da novela “Meu Pedacinho de Chão”, da temporada de “Malhação – Casa Cheia” e da série “Os Caras de Pau”.

VANESSA GERBELLI

Com uma carreira consolidada no teatro, na televisão e no cinema, a cantora e atriz paulista Vanessa Gerbelli é formada em artes plásticas pela Faculdade Belas Artes. Nas telinhas, participou recentemente das novelas “Novo Mundo” (2017), “Malhação” (2015-2016), “Sete Vidas” (2015) e “Em Família” (2014). Nas telonas, atuou nos filmes “Ela é o Cara” (2017), “A Hora e a Vez de Augusto Matraga” (2015), “Paixão e Acaso” (2012), “As Mães de Chico Xavier” (2011) e “Carandiru” (2003).

Alguns dos espetáculos teatrais de que participou são “Forever Young” (2017), “A Paixão Segundo Nelson” (2016), “Quase Normal” (2012) e “Emilinha e Marlene” (2011). Ela ganhou os prêmios Troféu Nelson Rodrigues (2016), Qualidade Brasil (2013), Bibi Ferreira (2013) e APTR (2013).
ALESSANDRA VERNEY

A atriz, cantora e compositora Alessandra Verney já conquistou o Prêmio Açorianos de Música como “Artista Revelação” em 1994. No teatro, já participou de vários musicais, como “Memórias de um Gigolô” (2015), “Alô, Dolly!” (2014), “Um Violinista no Telhado”(2012) e “Beatles Num Céu de Diamantes” (2009). Em 2015, ganhou os prêmios Shell (Rio), Cesgranrio de Teatro e APTR, todos na categoria de “Melhor atriz”, pelo trabalho no espetáculo “Kiss Me Kate – O Beijo da Megera”. Na televisão, participou da novela “Rock Story” (2016) e da série “Sexo e as Negas” (2015).
FICHA TÉCNICA

Texto de Vanessa Gerbelli

Direção: Patrícia Pinho

Supervisão De Direção: Amir Haddad

Atriz Convidada: Alessandra Verney

Atriz Substituta: Izabella Bicalho

Direção Musical e Part. Especial: Miguel Briamonte

Versão de “ Eu Só Quero Um Xodó” de Daniel Salve

Direção de Arte e Cenografia: Gringo Cardia

Iluminação: Paulo César Medeiros

Figurino : Marie Salles

Visagismo: Diego Nardes e Lucas Souza

Direção de Movimento: Flavia Rinaldi

Assistência de Direção: Alessandro Persan

Assistente de Designer Gráfico: Matheus Meira

Assistente de Cenografia: Jackson Tinoco

Assistente de Figurino: Renata Vasconcelos

Direção de Palco: Marcelo Gomes

Fotografia: Miriã Brasil e Kelson Spalato

Operação de Som: Rafael Caetano

Operação de Luz: Alexandre Bafé

Direção de Produção: Kauidea Produções Artísticas

Produção Executiva: Dea Martins e Vanessa Gerbelli

Apoio de Produção Ensaios RJ: Amanda Silva

Assessoria de Imprensa: Pombo Correio
SERVIÇO

“Do Outro Lado”, com Vanessa Gerbelli e Alessandra Verney

Teatro Porto Seguro – Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos

Temporada: de 27 de setembro a 26 de outubro

Às quartas e quintas-feiras, sempre às 21h

Ingressos: R$60 (plateia) e R$40 (balcão e frisas)

Duração: 508 lugares

Classificação: 14 anos

Nino Original da Série Castelo Rá Tim Bum em Espetáculo| Cassio Scapine a voz de Ney Matogrosso no personagem Espírito da Aventura em: ” Admirável Nino Novo”! 

Texto e Direção Maurício Guilherme

Você está preparado para viver um momento mágico e emocionante na sua vida? Esse encontro vai marcar sua vida se você assistiu e ama a série Castelo Rá Tim Bum, porque esse Espetáculo trás o verdadeiro Nino da série para os palcos do Teatro das Artes aqui em São Paulo!My God, o verdadeiro nino, segura coração.

Comemorando 36 anos de carreira, Cássio Scapin retoma um de seus grandes personagens que fascinou crianças e adolescentes nos anos noventa.Estreia dia 07 de Outubro no Teatro das Artes

 

Ator e diretor de teatro, Cassio Scapin coleciona mais de 60 diferentes personagens em seu currículo, entre teatro, TV e cinema, dos mais variados tipos, como Ary Barroso, Jânio Quadros, Santos Dummont, Miriam Muniz na peça Eu não dava praquilo, Olavo Bilac, Brás Cubas na peça Memórias Póstumas, Urbano Madureira no Sítio do Pica Pau Amarelo, até um traficante chinês além dos vários personagens da peça O Mistérios de Irma Vap, entre tantos outros. Já recebeu 4 indicações ao Prêmio Shell, ganhando 1, e 4 indicações ao Prêmio APCA, ganhando 2. Além de ganhar também os prêmios Mambembe de teatro infantil, Arte Qualidade Brasil, Governador do Estado e 4 APETESP.

 

Para comemorar seus 36 anos de carreira, Cassio trás de volta aos palcos uma de suas mais importantes criações, depois de 20 anos sem interpretá-lo. O mais conhecido e querido personagem, do já legendário Castelo Rá Tim Bum, está de volta numa sensacional aventura inédita, com texto e direção de Mauricio Guilherme e produção de Rodrigo Velloni.

 

Numa arrojada iniciativa e acompanhado apenas do invisível Espírito da Aventura (na voz de Ney Matogrosso), o aprendiz de feiticeiro deixa o Castelo para cair na estrada e assim descobrir o sentido e a sensação do que é uma verdadeira aventura.

 

Como escolher para onde ir? Como se guiar? Que roupas levar? Com que meio de transporte? São tantas as perguntas para responder. E as possibilidades também. Sendo então nosso protagonista um jovem mágico, estas possibilidades se multiplicam em inúmeras outras.

 

Seja numa noite estrelada, num deserto escaldante, no alto do Monte Everest, no espaço sideral e até no fundo do mar, entre muitos outros lugares, explorar o desconhecido é o lema dessa viagem. Através de um novo olhar, Nino vai descobrindo o que é diferente no mundo e o que também pode vir a ser. Uma lição básica para todos que embarcam numa nova jornada, como a dele.

 

A montagem mostra um jeito completamente novo de reencontrar um velho amigo através de projeções arrojadas, truques cênicos, trilha especialmente composta e a presença do talento único de Cássio Scapin, o Nino original da série da TV Cultura que foi ao ar a partir de 1994, com inúmeras reprises até o dia de hoje, sendo considerado um dos melhores produtos audiovisuais da história da televisão brasileira.

 

Nino, o eterno menino de 300 anos, convida a todos para este reencontro nos palcos do Teatro das Artes. Crianças, jovens e (claro!) adultos também.

 

Admirável NINO novo

Teatro das Artes (769 lugares)

Avenida Rebouças, 3970 – Shopping Eldorado – 3º Piso

Informações: 3034-0075

Bilheteria: terças e quartas das 14h às 20h; de quinta a domingo, das 14h até o início do espetáculo. Aceita cartão de débito e crédito. Não aceita cheque.

Vendas: http://www.tudus.com.br

 

Sábados e Domingos às 14h e 17h

 

Ingressos:

 

R$ 60 e R$ 70

 

Duração: 60 minutos

Recomendação: livre

Gênero: para toda família

 

Estreia dia 07 de outubro de 2017

 

Temporada: até 12 de Novembro