Espaço das Américas abre sessão extra de Felipe Neto após sucesso de vendas

Após sucesso de vendas, o Espaço das Américas abre 2º sessão da apresentação “Megafest” do youtuber Felipe Neto no domingo, dia 26 de novembro, às 18h30. Já a primeira sessão, que os ingressos estão praticamente esgotados, tem início às 15h30.

Rodando diversas capitais do Brasil, Felipe Neto chega a São Paulo com “Megafest”, espetáculo que busca interagir ao máximo com o seu público, através de brincadeiras e muita emoção. Claro, tudo do jeitinho irreverente que só ele consegue fazer.

Ciente da sua importância no mercado digital, tanto como produtor de conteúdo quanto como empreendedor, Felipe Neto acredita que o momento é de buscar uma nova relação entre youtubers, anunciantes e o público. “Este mercado é muito novo e democrático. Acredito que agora é preciso chegar neste nível em relação aos anunciantes, que ainda não sabem trabalhar suas marcas dentro da realidade dos influenciadores. Trabalho para evitar que isso seja uma bolha, um movimento passageiro”, analisa Felipe.

Em setembro, Felipe Neto fechou o mês com 1,8 bilhões de views no YouTube, ficando em 1º lugar do YouTube Brasil em visualizações e ganhando 796 mil novos inscritos em seus canais.

Os ingressos para esta grande apresentação estão disponiveís. Para adquiri-los, basta ir pessoalmente às bilheterias do Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – SP – de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência) ou acessar o site da Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV). Os preços vão de Setor Platinum – Fila 1 a 4: R$ 90,00 (meia) e R$ 180,00 (inteira) | Setor Azul Premium – Fila 1 a 7: R$ 70,00 (meia) e R$ 140,00 (inteira) | Setor Azul – Fila 8 a 15: R$ 60,00 (meia) e R$ 120,00 (inteira) | Setor A, B, C e D: R$ 50,00 (meia) e R$ 100,00 (inteira) | Setor I, J, K e L: R$ 40,00 (meia) e R$ 80,00 (inteira).

Serviço – Apresentação do Felipe Neto com o espetáculo “MegaFest” | Espaço das Américas

1º sessão

Data: 26 de novembro de 2017 (domingo)

Abertura da casa: 14h

Início da apresentação: 15h30

2º sessão 

Data: 26 de novembro de 2017 (domingo)

Abertura da casa: 17h30

Início da apresentação: 18h30

Censura: Livre – menores de 12 anos apenas acompanhados pelos pais ou responsável legal.
Local: Espaço das Américas ( Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)

Capacidade da casa para este evento: 3.170
Acesso para deficientes: sim
Ingressos: 
Setor Platinum – Fila 1 a 4: R$ 90,00 (meia) e R$ 180,00 (inteira) | Setor Azul Premium – Fila 1 a 7: R$ 70,00 (meia) e R$ 140,00 (inteira) | Setor Azul – Fila 8 a 15: R$ 60,00 (meia) e R$ 120,00 (inteira) | Setor A, B, C e D: R$ 50,00 (meia) e R$ 100,00 (inteira) | Setor I, J, K e L: R$ 40,00 (meia) e R$ 80,00 (inteira).

Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência ) ou Online pelo site da Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV).

Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.

Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.

Anúncios

Musical| Hebe, O Musical! Está em cartaz em São Paulo 

Quinta a domingo no Teatro Procópio Ferreira

 

Rainha da televisão brasileira, estrela multifacetada é homenageada em grandioso espetáculo de teatro, música e dança

 

Da infância humilde em Taubaté, no interior de São Paulo, ao posto de rainha da televisão brasileira, Hebe Camargo ganha um musical, baseado na biografa escrita por Artur Xexéo e com direção de Miguel Falabella, que conta sua escalada profissional e os amores que passaram por sua vida. Embalado pelas canções que marcaram sua carreira de cantora, o espetáculo atravessa oito décadas nas quais, muitas vezes, os caminhos de Hebe e da TV no Brasil se confundem.

 

 

Com 21 atores em cena, orquestra composta por 09 músicos e mais de 30 técnicos envolvidos, a própria Hebe recebe o público que vai ao Teatro Procópio Ferreira e o convida a conhecer a sua história. A proposta é que o público acompanhe a grade de uma programação de TV típica dos anos 60. Nela, a garota-propaganda (Giovana Zotti) se atrapalha com os comerciais ao vivo e Leonor (Brenda Nadler), uma fã de Hebe Camargo, responde sobre a vida de seu ídolo ao peculiar apresentador de um programa de perguntas e respostas, Belo Garrido (Daniel Caldini). É através do conhecimento desta fã que a plateia acompanha o caminho da artista, que será interpretada por Carol Costa, na juventude, e Débora Reis, na vida adulta.

 

A relação de Hebe com os pais Fêgo Camargo (Carlos Leça) e Ester Camargo (Clarty Galvão), sua participação em programas de calouros e sua experiência de cantar no rádio formando conjuntos vocais com as primas Maria (Keka Quarterone) e Helena (Mari Saraiva), assim como com a irmã Stela (Fefa Moreira) também farão parte do enredo. As muitas amigas de Hebe são representadas por duas figuras bastante conhecidas do público: a também cantora Lolita Rodrigues (Renata Ricci), que Hebe conheceu ainda adolescente e de quem foi próxima a vida inteira, e Nair Bello (Renata Brás), com quem desfrutava noites de carteado e francas conversas regadas a gargalhadas. Ao lado de Lolita, vemos Hebe como cantora de boate num hotel do centro de São Paulo e sua participação na inauguração da primeira estação brasileira de TV.

 

A peça mostra o namoro de Hebe com o boxeador americano Joe Louis (Renato Caetano) e sua relação complicada, escondida do grande público, com o empresário Luís Ramos (Frederico Reuter). Paralelamente, acompanhamos o sucesso que ela alcança como apresentadora da TV Paulista, emissora onde chega a comandar seis programas semanais simultaneamente.

 

Seguem-se seu primeiro casamento, com o comerciante Décio Capuano (Guilherme Magon), o nascimento de seu único filho, Marcello (Adriano Tunes), e sua contratação pela TV Record, onde apresenta por oito anos o mais popular programa de entrevistas dos anos 60: uma atração que leva seu nome e que, por um bom tempo, foi campeã de audiência nas noites de domingo.

 

O musical registra também a separação de Décio, a rápida passagem pela TV Tupi, o trauma que a fez parar de cantar, os encontros hilários com Amâncio Mazzaroppi (Adriano Tunes) e Ronald Golias (Fernando Marianno), a carinhosa amizade com o cantor Agnaldo Rayol (Rodrigo Garcia/Frederico Reuter) e a união com o importador Lélio Ravagnani (Dino Fernandez), com quem viveu por 27 anos. Vemos Hebe tornar-se porta-voz da luta contra a corrupção em Brasília no programa que apresentou no SBT durante 24 anos e onde transformou em tradição o “selinho” que dava em seus convidados preferidos.

 

Com coreografias de Fernanda Chamma, direção musical de Daniel Rocha e e preparação vocal Guilherme Terra, que também será o maestro, Hebe – O musical traça a trajetória pessoal e profissional da mais carismática das apresentadoras de TV no Brasil e, por isso mesmo, a mais popular.

 

A Produção é assinada por Luiz Oscar Niemeyer, Julio Cesar Figueiredo Junior, Claudio Pessuti e Luis Henrique Ramalho.

Hebe O Musical

Apresentação: Ministério da Cultura e Prosegur

Patrocínio Oficial: EMS, Zurich e Atlas Shindler

Apoio Cultural: Estácio

Coprodução: Bonus Track, Hebe Forever e Atual Consultoria.

Realização: Ministério da Cultura e Bonus Track Entretenimento.

 

  

HEBE O MUSICAL

Teatro Procópio Ferreira (624 lugares)

Rua Augusta, 2.823 – Jardins

Informações: 3083-4475

Vendas de grupos: (11) 3064-7500

Vendas: http://www.ingressorapido.com.br e tel.: 4003-1212.

Bilheteria: de quinta a domingo da 14h00 até o inicio do espetáculo.

Abertura da casa: 1 hora antes do início do espetáculo. Aceita cartões de todas as bandeiras. Não aceita cheque. Não faz reserva de ingresso. Acesso e lugares para deficientes físicos e pessoas com sobrepeso, ar condicionado.

Estacionamento Conveniado: Auto vagas, a 170m do Teatro, Rua Augusta 2673, Valor único R$ 20 (mediante a apresentação de ticket selado. Retire o selo na Bilheteria) Não abre aos Domingos.

 

Quinta e Sexta às 21h | Sábado às 17h e 21h | Domingo às 18h

 

Ingressos:

 

Quinta: R$ 50 (Ingressos Populares) | R$ 130 (setor I) | R$ 160 (setor Premium)

 

Sexta e domingo: R$ 50 (Ingressos Populares) | R$ 150 (setor I) |

R$ 170 (setor Premium)

 

Sábado: R$ 50 (Ingressos Populares) | R$ 170 (setor I) | R$ 190 (setor Premium)

 

Duração: 140 minutos (com intervalo de 20 min)

Recomendação: 12 anos

Gênero: musical

 

Estreou dia 12 de Outubro de 2017

Temporada 2017: até o dia 17 de Dezembro

 

Facebook HEBEOMUSICAL

Instagram #hebeomusical

TEATRO | Espetáculo infantil A Máquina de Voar, de Phil Porter, estreia dia 12 de agosto no Sesc Belenzinho 

A vida não é muito divertida para as duas crianças presas na Ala Infantil do Hospital Sta. Ruth Dos Olhos Machucados. Até a chegada de um novo menino que logo lidera uma rebelião no hospital contra o severo regime disciplinar da Enfermeira Maristela. Munido de um misterioso manual de instruções e um destemido plano de fuga, ele deixa a vida na ala de cabeça pra baixo. Repleto de risadas e cheio de ação, A Máquina de Voar é uma peça sobre feitos heróicos, conspirações desprezíveis e atos de incrível bravura.

Texto de Phil Porter com tradução de Ricardo Estevam tem direção de Eric Nowinski. No elenco estão os atores Tutti Pinheiro, Ricardo Estevam, Thomas Huszar e Mariana Melgaço. A temporada é de 12 de agosto a 10 de setembro no Sesc Belenzinho.

A Máquina de Voar é uma peça sobre o poder da imaginação para transcender os limites que a realidade impõe a todos nós. Na ótica sensível das crianças Pina e Munib, o faz de conta proposto por Bonyek é a válvula de escape ao condicionamento opressivo imposto pela enfermeira Maristela, em nome de uma instituição – o Hospital para “olhos machucados”. A parábola da obstrução e cura da visão explicita o embate entre o imaginário e o real; entre a concepção de mundo da criança e do adulto. Não à toa, a superação destas contradições se dá através de um artefato mágico, a “Máquina de Voar”, que dá nome à peça.

“Para realçar este aspecto central, potencializamos através dos recursos teatrais (iluminação, trilha sonora e projeções) a transição do ambiente convencionado como “real” (um quarto de hospital bastante insólito) para os espaços imaginários, aos quais as crianças (e posteriormente a própria enfermeira Maristela) serão conduzidos por Bonyek. Aventura, suspense, amizade e algum humor nonsense, característico da dramaturgia inglesa, são alguns dos ingredientes que credenciam a montagem” conta o diretor Eric Nowinski.

Sobre o texto

“Pra que brincar de fingir, se depois que a brincadeira termina, você volta pro mesmo mundinho chato de sempre? Não vale a pena levar uma bronca ou ficar de castigo só por isso”. Ou vale?

Com essa provocação, o personagem Bonyek faz com que sentimentos há muito adormecidos em Pina e Munib, seus companheiros de internação, sejam irreversivelmente despertados. Crianças confinadas em um lugar imundo e monótono, vivendo em um regime disciplinar cheio de restrições disfarçadas de cuidados, onde a maldade se esconde atrás do carinho e da preocupação da implacável Enfermeira Maristela. É com esses personagens repletos de contradições e graça que o autor Phil Porter constrói um mundo frio e cinzento onde só a imaginação é capaz de soltar as amarras que prendem as crianças à essa realidade e levantar voo para longe dali.

Serviço Blog Quintal da Alegria

Teatro do SESC Belenzinho

R. Padre Adelino, 1000 – Belenzinho, São Paulo – SP, 03303-000

De 12 de agosto a 10 de setembro – sábados e domingos às 12h. Sessão extra dia 07 de setembro às 12h.

Ingressos: INTEIRA 20,00 / USUÁRIO MIS 10,00 / MEIA 10,00 / CREDENCIAL PLENA 6,00

Compre nas bilheterias do Sesc ou acesse:

https://www.sescsp.org.br/unidades/25_BELENZINHO

TEATRO| Alice no País do IêIêIê prorroga temporada! 

Alice no País do IêIêIê prorroga temporada até 8 de outubro no Theatro NET São Paulo

Musical de Carla Candiotto mergulha na estética psicodélica dos anos 60 ao som de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, Rita Lee e Ronnie Von. A montagem tem 10 cenários, 70 figurinos, cenários móveis, truques teatrais e efeitos especiais

Escrito e dirigido por Carla Candiotto, o musical Alice no País do IêIêIê, livremente inspirado no clássico do escritor britânico Lewis Carroll, prorroga temporada até 8 de outubro aos sábado e domingos, às 15 horas, no Theatro NET São Paulo.
Com elenco formado por Amanda Doring, Deborah Marins, Giu Mallen, Leandro Massaferri, Leo Araujo, Pedro Arrais, Rodrigo Naice, Rosana Chayn e Victor Maia, o espetáculo apresenta a sonhadora personagem-título como uma menina deslocada, que foge aos padrões e sofre bullying na escola. Graças ao avô, dono de lojinha de discos e amante da Jovem Guarda, ela ganha ma força e ir ao encontro do que sabe fazer de melhor: cantar. Estimulada e inspirada pelo avô, Alice descobre sua coragem para cantar.

A história é costurada ao redor de canções que foram sucessos de Roberto Carlos e Erasmo Carlos (O Calhambeque, Ele é o Bom, Meu Bem, Não Quero Ver Você Triste Assim, Negro Gato, Quero que Vá Tudo para o Inferno, Festa de Arromba), Rita Lee (Esse Tal de Rock’n’roll e Sucesso Aqui Vou Eu) e Ronnie Von (Meu Bem, versão para Girl de Lennon e McCartney). Na Alice de Carla Candiotto, a sonhadora personagem-título é uma menina deslocada, que foge aos padrões e sofre bullying na escola. Graças ao avô, dono de lojinha de discos e amante da Jovem Guarda, ela vai ganha força para ir ao encontro do que sabe fazer de melhor: cantar. Estimulada e inspirada pelo avô, Alice descobre sua coragem para cantar. A partir daí, embarca em um mundo de fantasias.


Serviço Blog Quintal da Alegria

Espetáculo de teatro musical para crianças – Alice no País do IêIêIê. Estreou dia 10 de junho, sábado e domingo, às 15 horas, no Theatro Net São Paulo – Shopping Vila Olímpia, 5º andar – Rua Olimpíadas, 360. Duração: 60 minutos. Classificação indicativa: Livre. Capacidade: 799 lugares. Temporada até 8 de outubro.
Ingressos:

Platéia Central R$ 90/45 (264 lugares)
Platéia Lateral R$ 90/45 (264 lugares)
Balcão 1 R$ 70/35 (104 lugares)
Balcão 2 R$ 50/25 (158 lugares)
Vendas: http://www.ingressorapido.com.br / consulte os pontos de vendas no site/4003-1212
Vendas para grupos específicos: 11.94536-6682/ 21.96629-0012
Horário do funcionamento da bilheteria: segunda a sábado, das 10h às 22h; e domingo, das 10h às 20h30.
Formas de pagamento: Todos os cartões de crédito, débito e vale cultura. Não aceita cheques.
Clientes NET têm 50% de desconto na compra de até quatro ingressos.
Acessibilidade
Estacionamento no Shopping